Nilson Leitão será o próximo presidente da FPA



O ano de 2017 será marcado pelo desafio da retomada de pautas do setor produtivo rural que ainda não foram concluídas na Câmara dos Deputados e no Senado. A previsão foi feita nesta terça-feira pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), logo após ter sido eleito presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

“A lei de licenciamento ambiental, a nova legislação que queremos; a legislação trabalhista rural, que inclusive é de nossa autoria; a finalização da CPI da Funai e do Incra, que nós queremos encerrar e fazer uma proposta ao governo federal; a lei de cultivares, que também queremos concluir”, foram alguns dos pontos citados por Nilson Leitão a serem trabalhados em 2017.

O deputado também destacou ainda a questão fundiária entre os principais temas a serem tocados pela Frente Parlamentar da Agropecuária nos próximos dois anos.

Em uma eleição marcada pelo consenso, ficou acertado que Nilson Leitão presidirá a FPA em 2017 e no ano seguinte ele passará o comando à deputada Tereza Cristina (PSB-MS), que inicialmente será a vice-presidente. A posse da nova diretoria vai ocorrer no próximo mês de fevereiro.

Tereza Cristina destaca a responsabilidade da missão que está assumindo. “Teremos muitos embates na Câmara e muitas matérias vão precisar ser ajustadas. Mas eu gosto do bom combate e vamos continuar trabalhando para desenvolver o trabalho que foi feito pelo deputado Marcos Montes para que o agronegócio continue sendo o segmento mais importante da economia brasileira.”

O deputado Marcos Montes, atual presidente da FPA, considera que os novos parlamentares à frente da entidade darão continuidade às lutas da agropecuária brasileira, setor que vem garantindo os melhores números à economia brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *