Deputado apresenta requerimento para criação de Grupo de Trabalho para discutir energias renováveis do Brasil





Diante da necessidade de se fazer uma análise geral no Brasil sobre o processo de desenvolvimento de diversas fontes de energia no país, o deputado federal Zé Vitor (PL-MG) apresentou requerimento, em conjunto com o líder do PL, deputado Wellington Roberto, solicitando a instalação de Grupo de Trabalho na Câmara. O objetivo é intensificar o debate sobre o desenvolvimento da Política Nacional de Energias Renováveis.

Segundo dados do Balanço Enérgico Nacional (BEN), relatório elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, mais de 44% da energia produzida em solo brasileiro vem de fontes renováveis, por meio das hidrelétricas, energia eólica, biomassa, entre outras. Só o setor hidrelétrico corresponde a 17,7% da produção total de energia nacional, o que faz do país um dos líderes no uso de fontes renováveis de energia.

Para Zé Vítor, de acordo com estudiosos do setor, o consumo de energia está diretamente relacionado ao desenvolvimento econômico de uma nação. “A continuidade desse desenvolvimento também depende de planejamento e estudo sistemático de utilização da energia, a fim de que se aperfeiçoe e se conserve suas fontes”, disse o deputado.

Nesse sentido, o Grupo de Trabalho irá discutir, entre outros assuntos, os problemas da difusão das técnicas de extração de energia no mundo moderno, bem como o processo tecnológico de melhorias técnicas e seu impacto social. “Estamos diante de um novo ciclo, investir em infraestrutura é condição prioritária para qualquer país que tenha como meta o desenvolvimento econômico”, afirmou.

De acordo com ele, embora o Brasil já tenha progredido bastante, principalmente na matriz de petróleo e derivados, onde encontra-se a um passo da autossuficiência, ainda há uma grande capacidade ociosa de geração de energia, a exemplo da fonte eólica, que já é bastante desenvolvida em países europeus e asiáticos. “A energia eólica ainda não decolou no Brasil, por falta de investimentos e incentivos governamentais e privados, desperdiçando boa parte de seu potencial natural”, disse Zé Vitor.

Para o deputado, a contribuição do setor energético para o desenvolvimento econômico do Brasil é muito importante para que o país avance tecnologicamente. “Apesar de sermos referência no uso de fontes de energias renováveis, ainda somos fortemente dependentes das hidrelétricas”.

O requerimento para a criação do Grupo de Trabalho aguarda deliberação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *