Código Florestal. Alemanha doa euros para o CAR



O diretor presidente do Serviço Florestal Brasileiro, do Ministério do Meio Ambiente,  Raimundo Deusdará, informou que o Cadastro Ambiental Rural (CAR) deverá receber doação de 32 milhões de euros do governo alemão para o desenvolvimento e aprimoramento do projeto durante a visita da chanceler alemã Angela Merkel neste mês ao Brasil. Deusdará também  apresentou os dados do programa.

Segundo ele, já foram cadastrados mais de um milhão de imóveis, com um total de 58,64% dos existentes no País. Deusdará alerta para o prazo do cadastramento: até maio de 2017. Quem não possui o CAR está sujeito a sanções, como ser impedido de obter crédito bancário para produção agrícola.

Uma pauta importante destacada é a iminente parceria com a chanceler alemã. “O governo alemão já mantém uma parceria tradicional na área ambiental com o Brasil. Vai ter um seminário florestal técnico, que antecede a assinatura de alguns atos. Basicamente a agenda está dentro do painel de mudança climática. O foco do governo alemão são parcerias nas áreas de floresta”, antecipou Deusdará.

Cadastro – O Cadastro Ambiental Rural (CAR) foi criado em 2012 pela Lei 12.651/12.  É um registro eletrônico auto-declaratório, semelhante ao imposto de renda, e obrigatório para todos os imóveis rurais. Os dados fornecidos servem para controle, monitoramento e fiscalização do desmatamento das florestas e outros tipos de vegetação nativa no Brasil. Eles também contribuem para o planejamento econômico e ambiental dos imóveis rurais, além de permitir “ver” as floretas em áreas privadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *