Deputado Heinze empossado na presidência da FPA



Deputado Heinze empossado na presidência da FPA

“Continuaremos defendendo as bandeiras do agronegócio brasileiro”

O deputado Luís Carlos Heinze (PP-RS)  foi empossado na noite desta terça-feira (20/5) como presidente  da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), uma das entidades mais combativas no Congresso Nacional. A cerimônia de posse contou com a participação de importantes nomes da política e do agronegócio brasileiro. Foram presenças marcantes, o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, o ministro da Agricultura, Neri Geller, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, (que foi relator do Código Florestal), a presidente da Confederação da Agricultura e Agropecuária do Brasil  (CNA), Senadora Kátia Abreu, entre outras lideranças de entidades do setor rural.

 Em seus pronunciamentos, os oradores destacaram de maneira geral o Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2014/15, lançado esta semana pela presidente Dilma Rousseff. O deputado Heinze considerou o plano positivo, mas ressaltou que a FPA continuará defendendo  com intransigência  as bandeiras do agronegócio brasileiro, tais como a questão indígena com a conclusão da PEC 215, nova legislação para os defensivos agroquímicos e genéricos, além da retomada para por fim à obrigatoriedade do emplacamento para máquinas agrícolas. “Todos nós da FPA estaremos atentos a estas e a tantas outras demandas do agronegócio brasileiro”, enfatizou.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, reiterou o compromisso do governo federal com o setor produtivo rural, quando realçou os avanços do Plano Agrícola e Pecuário 2014/15, tais como a transferência da área florestal do Ministério do Meio Ambiente  para o Ministério da Agricultura, taxas de juros subsidiadas de 6,5% em média, a revitalização do Moderfrota para financiamento de máquinas agrícolas. O ministro exaltou a relação do Ministério da Agricultura com a FPA, da qual foi membro atuante, na defesa dos interesses dos produtores rurais e com todos aqueles que têm compromisso com o fortalecimento e o desenvolvimento do agronegócio brasileiro.

Tanto o presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves, como a presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, ressaltaram a contribuição  do agronegócio para a economia brasileira, setor responsável por 40% das exportações, 35% dos empregos e 25% do PIB brasileiro. Eduardo Alves reconheceu a combatividade da bancada ruralista no Congresso Nacional. “Quero dizer que, neste ano e meio na presidência da Câmara,  esta bancada sempre  me procurou na defesa de demandas do setor, nunca em causa própria, nunca um pedido de ordem pessoal, mas reivindicações e propostas do segmento rural, aliás, minha eleição devo a esta bancada”.

A diretoria empossa da FPA ficou assim:

Presidente: Dep. Luis Carlos Heinze

Vice-Presidente Senado: Senador Waldemir Moka (PMDB/MS)

Vice-Presidente Câmara: Marcos Montes (PSD-MG)

Vice-Presidente Norte: Giovanni Queiroz (PDT-PA)

Vice-Presidente Centro-Oeste: Reinaldo Azambuja (PSDB-MS)

Vice-Presidente Nordeste: Geraldo Simões (PT-BA)

Vice-Presidente Sudeste: Junji Abe (PSD-SP)

Vice-Presidente Sul: Alceu Moreira (PMDB-RS)

 

Coord. Político: Dep. Abelardo Lupion (DEM-PR)

Coord. Jurídico: Bernardo Santana (PR-MG)

Coord. Institucional: Nilson Aparecido Leitão (PSDB-MT)

Secretário: Josué Bengston (PTB-PA)

 

Veja as fotos: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *