Deputado Simões quer preço mínimo para cacau



Vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o deputado Geraldo Simões (PT-BA) tem encontro marcado amanhã, dia 6, às 16h, com o diretor de Política Agrícola e Informações  da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O objetivo da reunião é tratar da inclusão do cacau na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM). “Nessa audiência vou buscar o respaldo dessa empresa na elaboração dos estudos técnicos e da conjuntura econômica e social da lavoura do cacau para seu posterior ingresso no rol dos produtos que contam com a sustentação da garantia no financiamento e aquisição do produto pelo Governo Federal”, adiantou Simões.

O deputado explicou que os produtos amparados pela PGPM passam  de 40  beneficiando todas as regiões produtoras do Brasil, como é o caso da uva, sisal, mandioca, juta/malva, cera de carnaúba, soja, arroz, feijão, guaraná, entre outros. “Só vejo vantagens e benefícios em se incluir o cacau nessa relação, pois esse produto é dos poucos que ainda não contam com a garantia de preço fixado pelo governo federal.  No entender de Simões, ao serem amparados pela PGPM, os produtores de cacau passam a contar com linhas de crédito e financiamento a juros favorecidos, como os Empréstimos do Governo Federal (EGF), Linha Especial de Crédito (LEC), Aquisição do Governo Federal, entre outras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *