Presidente da FPA participa da maior feira de alimentos do mundo



Mais de 100 empresas brasileiras estão expondo seus produtos na Anuga 2019, em Colônia, na Alemanha



O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS), está em Colônia, na Alemanha, participando, nesta terça (8) e quarta-feira (9) da Anuga 2019, maior e mais importante feira de alimentos e bebidas do mundo. O evento acontece de dois em dois anos e está em sua centésima edição.

Para o presidente do colegiado, a feira é uma oportunidade de o Brasil articular acordos comerciais e fortalecer a imagem do agro brasileiro no exterior. “Mais uma missão fundamental para consolidar a nossa economia e ampliar o acesso a novos mercados internacionais. Temos potencial para superar os US$ 2,54 bilhões em negócios efetivados na última feira”, afirmou.

O deputado ficou impressionado com o tamanho da feira e a diversidade de empresas participantes, desde as que trabalham com alimentos às que atuam com a instrumentalização tecnológica para vendê-los. “O Brasil estar aqui e poder firmar parcerias comerciais, além das trocas de ideias para aperfeiçoar o nosso comércio alimentício, é incrível”.

O evento receberá 114 empresas brasileiras, levadas pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A expectativa da feira é superar os 7,4 mil expositores e os mais de 165 mil visitantes de 198 países que foram registrados na última edição, em 2017.

Neste ano, o Brasil é o 15º país em área ocupada no evento, com presença nos pavilhões nacional, bebidas, tradings de frango e tradings de carne (coordenados pela Apex-Brasil), carnes (coordenado pela ABIEC) e frango (coordenado pela ABPA).

No último sábado (5), a abertura da Anuga 2019 contou com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina. “O Brasil está tendo uma representatividade enorme na feira, e certamente fará esse comércio pelo qual tenho trabalhado tanto para que nossos produtos possam alcançar mercados cada vez maiores e mais exigentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *