FPA lança Marcos Montes à presidência da Câmara



Cerca de 40 deputados da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) decidiram nesta terça-feira (6) lançar o presidente da entidade, deputado Marcos Montes (PSD-MG), candidato à presidência da Câmara dos Deputados para o biênio 2017/2018. A sugestão foi feita pelo deputado Valdir Colatto (PMDB-SC) e prontamente aceita pelos demais integrantes da Frente. Colatto lembrou que a Frente tem tido sucesso com os nomes apoiados à presidência da casa.

Marcos Montes é conhecido e respeitado pela firmeza nas suas ações e opiniões e, ao mesmo tempo, pelo tom conciliador com que exerce todas as atividades que assume. Estas características foram fundamentais na sua eleição para presidente de um dos colegiados mais atuantes do Congresso Nacional: a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), na gestão 2015/2016.

O parlamentar assumiu a direção da FPA, hoje com 220 deputados, em 24 de fevereiro de 2015 em substituição ao deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS). Quando tomou posse, Marcos Montes disse que trabalharia pelo fortalecimento do Ministério da Agricultura e procuraria atender aos pleitos das entidades que representam os produtores rurais. “Sem falsa modéstia, acredito que a nossa bancada, a bancada ruralista, é a mais combativa no Congresso Nacional. Somos intransigentes na defesa do agronegócio brasileiro.”

Marcos Montes atribui a aprovação do novo Código Florestal, com 410 votos a favor e 63 contra, como uma das principais conquistas da FPA. “Não foi o código de nossos sonhos. Foi o possível para dar tranquilidade aos que produzem no campo e para lhes dar segurança jurídica. Aprovamos a lei dos caminhoneiros, a renegociação das dívidas rurais, a isenção de emplacamento de máquinas agrícolas e a obrigatoriedade de eclusas nas barragens para permitir o escoamento das safras.”

Reeleito com 116.175 votos para seu terceiro mandato (2015/2018), o deputado federal Marcos Montes saiu das urnas na condição de majoritário em dezenas de cidades, sendo o mais votado na região do Triângulo Mineiro.

O presidente da FPA tem 67 anos e nasceu na histórica cidade mineira de Sacramento, de onde se mudou ainda criança para Uberaba. Além de produtor rural, ele é médico e professor licenciado da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), com especialização em Medicina do Trabalho, Medicina Intensivista e Anestesiologia.

Marcos Montes se filiou ao PFL em 1995, permanecendo na legenda quando esta foi transformada em DEM, e só mudou, em 2011, para o então recém-criado Partido Social Democrático. É fundador e presidente do PSD de Uberaba e, a convite do presidente nacional do partido, ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, assumiu a coordenação Regional do PSD/Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, com o objetivo de fortalecer e ampliar a legenda na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *