Manifestações de produtores contra Funai terminam sem violência



As manifestações dos produtores rurais contra o processo de demarcações de  terras indígenas estão se encerrando em todo o país. Somente no município de Abelardo Luz, em Santa Catarina, é que acontecerá ainda a paralisação de uma das rodovias e, nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, por conta do  fuso horário de uma hora a menos em relação à Brasília, os atos continuam até às 15h. A mobilização dos produtores aconteceu nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Pará, Bahia, Roraima e Maranhão.

Em Guaíra (PR), os produtores rurais estão na entrada da ponte sobre o rio Paraná, ligação com o MS. A manifestação é tranquila, com panfletagem contra as novas demarcações da Funai nos Cone Sul. A equipe do Notícias Agrícolas está no município e transmite as principais informações AO VIVO. Nos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul, já há bloqueios do trânsito nas estradas.

Veja como as mídias locais estão repercutindo os movimentos em cada estado:

Rio Grande do Sul 

No Zero Hora: Agricultores bloqueiam quatro rodovias no Estado para protestar contra demarcação de terras indígenas

Agricultores bloqueiam quatro rodovias do Estado na manhã desta sexta-feira. A paralisação ocorre das 9h às 14h, na Região Norte e no Litoral. Os manifestantes reivindicam as demarcações de terras indígenas, que acontece em todo o Brasil.

A ERS-135, entre Getúlio Vargas e Mato Preto, e a ERS-324 em Pontão, terão bloqueios parciais, com fluxo de veículos liberado a cada 30 minutos.

Leia a notícia na íntegra no site do Zero Hora.

Confira o link com informações da repórter Cristiane Viegas, direto de Mato Castelhano

>> CRISTIANE VIEGAS – REPÓRTER

Manifestação em Mato Castelhano/RS

Fonte: @questaoindigena

Manifestação no RS

Manifestação em Pontão/RS

Fonte: @depheinze

Acesse o link abaixo e saiba detalhes na manifestação em Sananduva:

>> JEFERSON CAMOZZATO – PRES. DO SIND. RURAL DE SANANDUVA/RS

Acesse o link abaixo e confira outras informações da manifestação:

>> LUIS CARLOS HEINZE – DEP. FEDERAL -PP/RS

 

Santa Catarina

No G1 SC: Produtores rurais protestam contra demarcações de terras indígenas

Nesta sexta-feira (14), agricultores vão realizar um protesto em Santa Catarina contra a condução da política indígena no país. As paralisações ocorrem das 9h às 14h. Sete pontos de rodovias catarinenses poderão ser bloqueados por causa das manifestações.

Um dos maiores protestos deve ocorrer na BR-282, em Cunha Porã, no Oeste. Os produtores irão se vestir de branco para demostrar a pacificidade do movimento. Na SC-283, no trecho entre Chapecó e Seara, também no Oeste, o ato inicia às 9h, com participação de autoridades e parlamentares. A terceira manifestação em Santa Catarina irá ocorrer em Abelardo Luz, no Oeste, na SC-467 às 13h. Na cidade, o comércio ficará fechado entre 13h até 14h40.

Leia a notícia na íntegra no site do G1 SC.

Acesse o link abaixo, e confira mais informações que acontecem em Abelardo Luz

>> GERALDO GOTARDO – PRES. DA COMISSÃO DE AGRICULTORES DE ABELARDO LUZ

Manifestação em Palhoça/SC

PRF controla rapidamente a manifestação na BR-101 em Palhoça. Fonte: @PRF191SC

 

Paraná

Protesto de produtores rurais irá fechar a Ponte Ayrton Senna nesta sexta-feira

Produtores que estão preocupados em perder suas terras em função de uma possível demarcação territorial irão se reunir nesta sexta-feira (14) para fechar a Ponte Ayrton Senna, em Guaíra.

A ação acontecerá em forma de protesto contra a divisão de terras em favorecimento dos índios. A mobilização é convocada pela Frente Parlamentar da Agropecuária da Câmara.

O protesto terá início às 9 horas. Ás 10 horas haverá ato cívico.

Leia a notícia na íntegra no site da Rede Brandão Junior.

Ponte Ayrton Senna

Ponte Ayrton Senna, em Guaíra. – Foto: Reprodução Internet

Protesto em Guaíra contra invasões

Fonte: Via Livre Assessoria de Imprensa / Acrissul

Manifestação em Guaira/PR

Manifestação em Guaira/PR 2

Manifestação em Guaira/PR 3

Manifestação em Guaira/PR 4

Fonte: Sistema Faep

Comércio vai fechar as portas 6ª em apoio a produtores rurais

Uma multidão deverá participar de manifesto, na manhã desta sexta-feira, em Guaíra, para pedir providências quanto aos transtornos e insegurança que a invasão de índios a propriedades rurais do Extremo-Oeste do Paraná têm provocado. O ato dos agricultores está agendado para às 9h, na cabeceira da Ponte Ayrton Senna, que liga Guaíra a Mundo Novo. O comércio da cidade paranaense, em solidariedade aos lavradores que correm o risco de perder suas terras, também participará da mobilização.

Leia a notícia na íntegra no site O Paraná

Confira o link com informações do repórter Aleksander Horta, direto de Guaíra/ PR

>> ALEKSANDER HORTA – REPÓRTER

Manifestação toma proporção internacional, saiba mais acessando o link:

>> RICARDO BACHA – PRODUTOR RURAL

Confira mais sobre a repercussão internacional em entrevista com Chico Maia

>> CHICO MAIA – PRESIDENTE DA ACRISSUL

Saiba detalhes da manifestação em Guaíra

>> ALEKSANDER HORTA – REPÓRTER

Bahia

No jornal Bahia Online: Produtores rurais ameaçam fechar BR 101, em Itamaraju, nesta sexta

Indignados com o que definem como “a inércia dos governos federais e estaduais na solução dos problemas gerados com a invasão de propriedades rurais no extremo sul baiano”, produtores rurais dos municípios de Porto Seguro, Itamaraju, Prado, Ilhéus, Olivença e Buerarema, bem como, integrantes dos assentamentos da reforma agrária, agricultura familiar e trabalhadores rurais realizarão uma manifestarão na manhã desta sexta-feira (14) no município de Itamaraju.

O objetivo é chamar atenção para atitudes da Funai, consideradas por eles como arbitrárias, “visto que, na ânsia de ampliar ao máximo as reservas indígenas promove a violência na região”. Segundo os produtores rurais, pessoas que se declaram índios e detentores das propriedades obtém respaldo de  ONG’s e outros órgãos que  patrocinam a elaboração de laudos fraudulentos, violando  o direito de propriedade. “As invasões acontecem de forma violenta e já foram registrados sequestros, utilização de armas, ameaças de morte e destruição de produções agrícolas”, afirmam.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal Bahia Online.

Acesse o link abaixo e saiba detalhes da manifestação em Itamaraju

>> LINDOMAR LEMBRANCI – PRODUTOR RURAL

Mato Grosso do Sul

No G1 MS: Manifestação reúne 4 mil produtores rurais em rodovias de MS

Cerca de 4 mil produtores rurais participam de uma manifestação na manhã desta sexta-feira (14), no entroncamento entre a BR-163 e a BR- 267, em Nova Alvorada do Sul, a 120 km de Campo Grande. A senadora Kátia Abreu (DEM), presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participa da ação.

A manifestação, com o tema “onde tem justiça, tem espaço para todos,” é organizada pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul).

Leia a notícia na íntegra no site do G1 MS

No Correio do Estado: Produtores fazem mobilização por Justiça no campo

Com objetivo de chamar atenção para a insegurança jurídica vivida no Estado, será realizada uma grande mobilização dos produtores rurais de MS nesta sexta-feira (14). A manifestação “Onde tem justiça, tem espaço para todos” é organizada pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Leia a notícia na íntegra no site do Correio do Estado.

Manifestação dos Produtores - Faep

Produtores rurais de vários municípios do Paraná e do Mato Grosso do Sul chegando no Trevo de Alvorada do Sul para a mobilização ” Onde tem justiça, tem espaço para todos”, organizada pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Fonte: Sistemas Faep

No Caarapó News: Produtores rurais protestam contra conflitos agrários em MS nesta sexta-feira

Produtores rurais realizam na sexta-feira (14) uma grande mobilização com a participação da Fundação MS. A finalidade é alertar a população para a insegurança jurídica que agricultores e pecuaristas convivem para manter a produtividade do país. A expectativa é que o protesto pacífico reúna 4 mil produtores rurais. A presença da senadora e presidente da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), Kátia Abreu (PSD) está confirmada.

A questão foi agravada pelos recentes conflitos agrários no Estado que, hoje, contabiliza 66 propriedades rurais invadidas. Na região Centro-sul, especificamente no município de Sidrolândia, o problema foi intensificado com a ocupação indígena cuja decisão jurídica, que determinava a reintegração de posse, não foi cumprida.

Leia a notícia na íntegra no site do Caarapó News.

Protesto dos produtores em MS

Imagem divulgada no site Caarapó News.

No Vale MS News: Produtores rurais farão manifestação pacífica nesta sexta-feira (14)

Produtores rurais farão uma grande mobilização na próxima sexta-feira (14) com objetivo de sensibilizar para o risco à segurança jurídica, agravado pelos últimos acontecimentos no Estado, e para a necessidade de paz no campo. A manifestação “Onde tem justiça, tem espaço para todos” é organizada pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e será realizada a partir das 9h, no trevo de Nova Alvorada do Sul, entroncamento entre as BR’s 163 e 267.

Leia a notícia na íntegra no site do Vale MS News.

Mato Grosso

Produtores de MT protestam contra demarcação de áreas indígenas

Produtores rurais fazem manifestação nesta sexta-feira (14) no entroncamento das BRs 364 e 163, município de Rondonópolis, a 218 quilômetros de Cuiabá. Eles pedem a suspensão da demarcação de terras indígenas em Mato Grosso e defendem a aprovação da PEC 215, que transfere para o Legislativo a prerrogativa de demarcar áreas indígenas. Hoje, esse trabalho é de competência da Fundação Nacional do Índio (Funai). A proposta está em tramitação no Congresso Nacional.

Leia a notícia na íntegra no G1 Mato Grosso

Confira o link com informações do repórter Eduardo Silva, direto de Cuiabá

>> EDUARDO SILVA – REPÓRTER

Mais de mil pessoas em Cuiabá, acesse o link e saiba mais:

>> LAÉRCIO PEDRO LENZ – PRES. SIND. RURAL DE SORRISO

Manifestação em Rondonópolis/MT

Manifestação em Rondonópolis/MT 2

Veja notícia na íntegra: G1

Acesse o link abaixo e saiba detalhes da manifestação:

>> NILSON LEITÃO – DEP. FEDERAL PSDB

 

Minas Gerais

Protesto contra demarcações da Funai fecha MG-164 no Centro-Oeste

Mais de 200 produtores rurais das cidades de Martinhos Campos e Pompéu, no Centro-Oeste do estado, fazem nesta sexta-feira (14) um manifesto pacífico contra a demarcação de terras da Fundação Nacional do Índio (Funai) para os índios da tribo Kaxixó na região.

Segundo o produtor rural Álvaro Dornelles de Valadares Machado, a intenção é chamar a atenção do governo para a situação, já que eles perderam as terras e não foram indenizados. “Existem produtores que tinham propriedades há mais de 200 anos aqui e que tiveram as terras demarcadas pela Funai sem explicação alguma. As cidades aqui têm como base a agricultura e a pecuária, sem o nosso trabalho o município sofrerá com certeza”, comentou.

Leia a notícia na íntegra no G1 Triângulo Mineiro.

Manifestação na MG-164

Manifestação em Martinho Campos/MG

Fonte: Facebook Confisco Não

Acesse o link abaixo e saiba detalhes da manifestação em Martinho Campos

>> INÊS VALADARES – ASSOC. DOS. PROP. RURAIS DO VALE RIO PARÁ

Acesse o link abaixo e saiba outros detalhes do interior de MG:

>> JOEIDER CAMPOS – PRODUTOR RURAL

Maranhão

Acesse o link abaixo e saiba detalhes da manifestação em Amarante

>> RUI AGUILAR SOBRINHO – PRODUTOR RURAL

Roraima

Produtores interditam BR-174 contra demarcação de área indígena, em RR

Produtores interditaram a BR-174 em Boa Vista, sentido Manaus (AM), na manhã desta sexta-feira (14). O protesto é pacífico e visa chamar a atenção de autoridades para a insegurança que vive Roraima, quanto as dermacações de áreas indígenas. A previsão é que a rodovia federal permaneça fechada até às 14h.

Leia a notícia na íntegra no G1 Roraima

Ruralistas bloqueiam rodovia em Roraima e deixam Estado isolado

O Estado de Roraima está isolado desde a manhã desta sexta-feira (14). Produtores rurais bloqueiam a BR-174 com pneus e caminhões no trecho que liga a capital, Boa Vista, ao Amazonas e à Venezuela.

A manifestação é liderada pelo Movimento dos Produtores Rurais de Roraima e envolve rizicultores, pecuaristas e produtores de grãos que reclamam das demarcações das áreas indígenas no Estado.

Leia a íntegra no site da Folha de S. Paulo

Manifestação em Roraima/RR

Manifestação em Roraima/RR 2

Imagens divulgadas no site do G1

Fonte: Notícias Agrícolas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *