Questão indígena: FPA promove protesto nacional dia 14



A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) decidiu conclamar os produtores rurais de todo o país para participarem de uma grande mobilização no dia 14 de junho. É para protestar contra a forma como estão sendo conduzidos pela Fundação Nacional do Índio (Funai) os processos de demarcação  e ampliação de terras indígenas.

A manifestação vai bloquear as principais rodovias federais e reunir entidades e lideranças dos agricultores em locais públicos e em auditórios para mostrar à sociedade brasileira a insegurança jurídica vivida no campo, o descaso do governo em relação ao direito de propriedade e a importância do setor produtivo de alimentos. O lema do evento é:  Onde tem justiça, tem espaço para todos.

Sensibilizar – De acordo com o presidente em exercício da FPA, deputado Luiz Carlos Heinze (PP/RS), o objetivo desse movimento é sensibilizar a sociedade e revelar as conseqüências das demarcações de terras produtivas sem a participação de órgãos como os Ministérios da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Embrapa.

“Já identificamos 14 estados onde os problemas são mais graves, onde a FPA está orientando o pessoal para se unir e protestar.  Estamos pedindo o apoio das nossas entidades para essa mobilização. Então, a recomendação é que nos estados onde os índios estão em conflito com produtores rurais que se manifestem para chamar a atenção”, disse Heinze.

Enquanto mobiliza entidades de apoio para o dia 14, a FPA continua reivindicando do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, (PMDB/RN), a instalação da comissão especial que vai analisar a Proposta de Emenda a Constituição que delega ao Congresso Nacional a decisão de demarcar reservas indígenas e territórios quilombolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *