Nota Oficial: Greve dos Caminhoneiros



1. A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e o Instituto Pensar Agro (IPA), que reúne 40 entidades do setor produtivo nacional, informam que apoiaram as reinvindicações e participaram das negociações com representantes de caminhoneiros (autônomos e empresários), atendidas pela edição das Medidas Provisórias 831, 832 e 833/2018, publicadas em edição extraordinária do Diário Oficial da União, de 27 de maio deste ano;

2. Informamos que a extensão da greve prejudica fortemente o setor produtivo, que já acumula graves prejuízos, especialmente, para os produtores de leite, ovos, hortifrúti, carnes (suínos, frango, bovinos) e demais produtos perecíveis;

3. Desta forma, a FPA e o IPA conclamam para que a normalidade seja reestabelecida imediatamente sob pena de entrarmos em preocupante crise no setor produtivo nacional. É preciso responsabilidade para entender que a restauração do ciclo de toda a cadeia produtiva tem um prazo para acontecer e, se não tomarmos uma ação imediata, teremos danos irreparáveis, principalmente, para o abastecimento de produtos de primeira necessidade da população brasileira;

4. Alertamos ainda para o risco sanitário causado pela morte de animais (cargas vivas), leite descartado em rios e esgotos das cidades, entre outros danos que possam ser causados ao meio ambiente e à saúde pública;

5. A FPA envidará todos os esforços necessários para votar com urgência, no Congresso Nacional, as medidas acordadas e publicadas pelo governo federal, já em vigência;

6. Lembramos que a FPA, o IPA e a classe dos caminhoneiros são setores com interdependência e precisam continuar seguindo juntos a fim de destravar nossa economia e fortalecer nossa competitividade, com garantia de melhores condições de trabalho para todos, sem prejudicar a sociedade brasileira.

Dep. TEREZA CRISTINA (DEM-MS)
Presidente da FPA

FÁBIO MEIRELLES FILHO
Presidente do IPA

Assinam esta nota em conjunto:

  • ABRAPA
  • APROSOJA MS
  • APROSOJA BRASIL
  • FAESP
  • ABPA
  • VIVA LÁCTEOS
  • ABRALEITE
  • ABIEC
  • ABRAMILHO
  • ACRIMAT
NOTA OFICIAL GREVE DOS CAMINHONEIROS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *