Adido agrícola da Espanha fala na FPA sobre defesa sanitária



A Comissão de Defesa Agropecuária da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) realizou nesta sexta-feira (08/04) reunião com representantes da Embaixada da Espanha no Brasil. O adido Lúcio Carbajo apresentou os modelos de defesa agropecuária adotados na União Europeia e na Espanha. De acordo com Ênio Marques, coordenador da Comissão de Defesa da FPA, o objetivo foi ampliar o panorama de conhecimentos sobre o assunto. “Estamos observando as experiências positivas de defesa na Europa e, em particular, na Espanha que possam servir de exemplo para o Brasil”, afirmou Ênio Marques.

A história da vigilância sanitária tem suas origens justamente no Velho Continente. Com o aumento populacional das cidades europeias por volta do século XVII, surgiu a preocupação com os processos ainda desconhecidos de transmissão de doenças como a peste, a cólera, a varíola, a febre tifóide e outras.

À medida que as populações das cidades aumentaram, os problemas também cresceram e se tornaram complexos. Como hoje o Brasil é um dos principais players do agronegócio internacional, a FPA considera oportuno promover a troca de informações para o aperfeiçoamento das condições de defesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *