Argentinos e adidos agrícolas europeus visitam FPA



A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) tem atraído grupos e delegações de todas as partes do mundo em busca das experiências bem sucedidas no Brasil, que podem ser adaptadas também em outros países. Prova disto são as visitas de um grupo de parlamentares e ruralistas argentinos e adidos agrícolas da Alemanha, França, Holanda, Espanha e da União Europeia. A recepção aos argentinos ocorre amanhã, 12h, na reunião-almoço.

Os argentinos querem saber como a FPA se articula com o setor produtivo e se conecta no âmbito do Congresso Nacional e do Executivo, como forma de dar mais legitimidade naquilo que se legisla por aqui. Desejam conhecer o “modus operandi” da aprovação do novo Código Florestal e agora, o tema atual, que é a demarcação de novas reservas indígenas em área produtivas.

Graças a articulação da FPA, a delegação de lideranças argentinas visitará também a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o Ministério da Agricultura, a Embrapa e a Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. Parte do grupo é contrária a atual política de exportação do governo argentino e quer aprender com a FPA, como agir diante do atual cenário.

Adidos – No próximo dia 11/6, os congressistas da FPA receberão os adidos agrícolas europeus, cujos países mantém fortes relações diplomáticas e comerciais com o Brasil, principalmente de produtos do agronegócio.  Eles querem saber da participação brasileira em diálogos internacionais sobre segurança alimentar, eis que o País ocupa hoje a segunda posição entre os exportadores mundiais de alimentos.

Os adidos agrícolas estão interessados em conhecer as ações da FPA na condução de alguns temas que estão em debate no Congresso Nacional. É o caso, por exemplo, da venda de terras brasileiras para estrangeiros em discussão na Câmara Federal.  Outros assuntos da pauta são a política nacional de biocombustíveis, o programa Integração Lavoura Pecuária e a aprovação do novo Código Florestal, entre outros.

A última delegação estrangeira recebida pela FPA foi há cerca de um mês, de um grupo de japoneses que representam um fundo de investimentos cujos recursos são aplicados no segmento do agronegócio do Japão. Uma vez por ano, eles fazem essa visita de prospecção para verificar a realidade do setor agropecuário brasileiro. Outra comitiva que também veio  conhecer as experiências da FPA foi a do Paraguai, no ano passado, na transição do governo.

Site: www.fpagropecuaria.com.br

Telefones: (61) 3248-4682 / 3263-1717 / 3254-7878

Tito Matos (61) 9961-8402 – Ricardo Araújo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *