Deputada Raquel comemora safra recorde em Minas



Claro que as condições climáticas ajudaram em muito para o Brasil colher esta safra de grãos 2016/2017,  prevista em 220 milhões de toneladas. No meu entender, este recorde na produção agrícola muito se deve ao produtor rural, que preparou o solo, jogou a semente sobre a terra, se dedicou aos tratos culturais, utilizou bem a tecnologia disponível,  tudo isso na época certa, e o resultado não poderia ser outro, uma safra de alimentos tão generosa.

A declaração é da deputada Raquel Muniz (PSD-MG), integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que destacou os números da produção agrícola mineira. Segundo ela, Minas caminha a passos largos para também alcançar uma safra recorde de grãos. “A previsão é de uma colheita total de 13,8 milhões de toneladas nesta safra, 17% maior que no ciclo anterior. O destaque é para a produção de milho, de 7,8 milhões de toneladas, e de soja, com uma estimativa de 4,7 milhões de toneladas. Isso sem falar no café e em outras culturas.

– Embora seja um assunto por demais batido e repetido por todos nós da FPA, não custa, porém, frisar que a infraestrutura do nosso país está longe de atender os avanços do setor produtivo rural. Veja o recente caso da BR-163 no Norte do Brasil, uma fila de caminhões  sem condições de levar até o porto a mercadoria transportada, muito atoleiro, uma carreta atrás da outra, numa cena que nos chocou a todos. É o tal custo Brasil que precisa ser resolvido com urgência pelo governo. É que esperamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *