Presidente da FPA participa de audiência pública com motoristas



O deputado federal Marcos Montes (PSD-FPA), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), manifestou apoio ao movimento paredista dos caminhoneiros durante a audiência pública promovida pela Frente Parlamentar de Transporte e Logística (Translog)  na Câmara Federal.

A principal reivindicação do movimento, defendida pela Frente, é a redução do percentual do último aumento de Pis/Cofins sobre o óleo diesel e que vem estrangulando e onerando o setor de transportes e cargas nos últimos anos.

Montes afirmou que não é intenção da FPA confrontar o governo federal, mas reafirmar o compromisso com a categoria e buscar uma solução para os problemas vividos por esses profissionais. “Não queremos jogar gasolina no fogo, mas colocar diesel a preço justo no tanque dos caminhoneiros”, declarou.

Portanto, “a FPA vem a público reafirmar seu compromisso com o desenvolvimento econômico e social do país, defendendo a imediata redução das alíquotas de Pis/Cofins sobre o diesel. Esperamos que o governo federal tenha a sensibilidade para atender essa demanda tão importante e justa para o setor” ressaltou Montes.

Durante a reunião alguns parlamentares sugeriram não votar o ajuste fiscal enquanto o governo federal não acertar as contas com os motoristas. Aconselharam, inclusive, os líderes do movimento que a categoria não se deixe intimidar com as ameaças dos agentes públicos que agem contra a greve.

Contexto – O movimento paredista dos caminhoneiros já segue pelo 14º dia. A presidente Dilma Rousseff sancionou ontem (02), sem vetos, a Lei 13.303 que “disciplina a jornada de trabalho e o tempo de direção do motorista profissional”. O  texto foi publicado hoje (03) no Diário Oficial da União (DOU). Porém, esse gesto presidencial não foi suficiente para por fim ao movimento da greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *