A judicialização do país

Causam insegurança e espanto as ações do Ministério Público, que parece atuar em nome de ambientalistas e de causas ideológicas. A atuação do Ministério Público Federal (MPF), por mais incrível que possa parecer, ao invés de trazer segurança jurídica aos cidadãos brasileiros, provoca insegurança de toda ordem, especialmente no segmento do agronegócio. Por serem insólitas … Continuar lendo “A judicialização do país”

Roberto Rodrigues

O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, publicou um artigo na Revista Globo Rural, comentando o trabalho desenvolvido pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Leia mais:

O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, publicou um artigo na Revista Globo Rural, comentando o trabalho desenvolvido pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Leia mais:

MPF está em guerra ideológica com a produção brasileira

O Ministério Público Federal (MPF) protocolou na justiça duas ações que para obrigar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) a reavaliar oito ingredientes ativos, dentre eles o Glifosato e o Paraquat, herbicidas essenciais para o Plantio Direto no Brasil. Em outra ação questiona o registro de agrotóxicos que contenham o herbicida 2,4-D. A justificativa … Continuar lendo “MPF está em guerra ideológica com a produção brasileira”

A jogada ruralista para fatiar o latifúndio

Só quem passou os últimos anos recluso em um mosteiro tibetano não sabe que no Brasil aconteceu um debate sanguíneo envolvendo quem ama muito a floresta e quem ama muito a produção, embora nenhum dos lados gostasse desta polarização. Depois de muita discussão sobre a importância das matas ciliares (que ladeiam os rios como se … Continuar lendo “A jogada ruralista para fatiar o latifúndio”

Tributação das multinacionais brasileiras

Jornal “O Estado de São Paulo”, 18/03/2014, Opinião, A-2  Marcos Sawaya Jank (*) O Brasil conta hoje com aproximadamente 50 empresas multinacionais que se vêm expandindo com sucesso no mundo. A internacionalização dessas empresas decorre de notórias competências gerenciais, da atuação em segmentos em que o Brasil consolidou vantagens competitivas globais e, em alguns casos, da … Continuar lendo “Tributação das multinacionais brasileiras”

Produtor brasileiro, considere-se culpado

Apesar de a soja ser a principal proteína vegetal do planeta e ser a principal cultura no Brasil, ocupando apenas 3,5% da área do território do país, não importa, se é soja brasileira é culpada. E digo isso porque mais uma vez vemos um “estudo” de uma ONG, agora da WWF, de título “Crescimento da … Continuar lendo “Produtor brasileiro, considere-se culpado”

FAO: Brasil é referência mundial no combate à miséria

O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, disse hoje (4) que os avanços brasileiros em políticas sociais e de combate à fome “não passaram desapercebidos para o resto do mundo”. “Esse conjunto de políticas mudou o rosto do Brasil. Hoje, [o país] é referência … Continuar lendo “FAO: Brasil é referência mundial no combate à miséria”

Roberto Teixeira da Costa: Tomates brasileiros na Argentina

A presidente da Argentina pretende facilitar a importação de tomates do Brasil. Produtores locais, naturalmente, contestaram a iniciativa de Cristina Kirchner. Mas ela não pode ser vista isoladamente. O governo argentino promove uma intervenção forte na comercialização de produtos agrícolas, causando distorções no mercado regional. Um total de 194 produtos da cesta básica são monitorados … Continuar lendo “Roberto Teixeira da Costa: Tomates brasileiros na Argentina”

Etanol de milho aumentará a competitividade do frango brasileiro

Iniciarei dizendo que no Brasil, a oferta de milho nas últimas três safras superou em muito o consumo. Segundo dados da Conab, o consumo interno de milho, que em 2013 representa 66,7% da produção, deve continuar nestes patamares, se este crescimento se mantiver nos níveis atuais. Ou seja, em 2022/23 teremos que exportar próximo de … Continuar lendo “Etanol de milho aumentará a competitividade do frango brasileiro”