Nota de pesar: falecimento do jurista Hélio Bicudo



Foto: Fabio Braga - 04.abril.2016/Folhapress

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em nome dos seus 262 parlamentares, lamenta o falecimento, aos 96 anos de idade, do jurista Hélio Bicudo, nesta terça-feira (31), em São Paulo. A consternação é enorme diante da notória representatividade que Bicudo teve na defesa dos Direitos Humanos e na luta pela democracia e ética na política.

Reconhecido internacionalmente ao condenar integrantes do Esquadrão da Morte, organização paramilitar dos anos 1970, trabalhou por anos a fio no combate a atividades criminosas cometidas por policiais. Bicudo também foi um dos signatários da Carta aos Brasileiros, documento assinado por juristas e intelectuais em defesa do Estado de Direito e com críticas contundentes ao arbítrio da ditadura militar instalada no País em 1964.

Na vida política, Hélio Bicudo fundou o Partido dos Trabalhadores (PT) e, após os escândalos de corrupção, deixou a coligação por conflitos éticos e morais. Foi um dos grandes protagonistas do impeachment da então Presidente da República, em 2015.

Hélio Bicudo deixa um legado pautado na ética, moral e responsabilidade com o País, com avanços na segurança jurídica, no combate a abusos de poder e em políticas públicas voltadas para a garantia dos Direitos Humanos.

Nossa solidariedade e condolências aos filhos, netos e bisnetos, além de toda a família.

Dep. Tereza Cristina (DEM-MS)
Presidente da FPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *