FPA participa de lançamento da Agenda do Cooperativismo 2018



A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada Tereza Cristina (DEM-MS), esteve presente, nesta quarta-feira (11), no lançamento da Agenda Institucional do Cooperativismo 2018. Para ela, o cooperativismo, fruto de relações baseadas em confiança e colaboração, é vital para o setor agropecuário, que representa 40% de todas as cooperativas no Brasil.

“Hoje as cooperativas têm um papel pujante no crescimento econômico e social do País com enorme representatividade no Congresso Nacional. Para o campo, elas também são o motor do progresso”, destacou a deputada na solenidade.

Presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas“Esta parceria com os Três Poderes, principalmente no Legislativo, permite que o cooperativismo continue no caminho do desenvolvimento”

Na ocasião, o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, agradeceu a parceria constante com a FPA, que representa o setor que sustenta a economia do País. Ele cumprimentou a presidente Tereza Cristina em nome de todas as mulheres que compõem o parlamento. “Esta parceria com os Três Poderes, principalmente no Legislativo, permite que o cooperativismo continue no caminho do desenvolvimento”, disse Márcio Lopes.

Um dos principais avanços conquistados em 2017 por meio do trabalho conjunto com a FPA e o Legislativo, segundo o presidente da OCB, foi a aprovação do PLP 100, de autoria do deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), membro da FPA. Para o deputado, a Lei contribuiu para fortalecer o cooperativismo. “Foram seis anos de luta até aprovar essa proposta. No fim, a conquista beneficiou diretamente as prefeituras, as cooperativas e os cidadãos brasileiros”, destacou Domingos Sávio.

“Cooperativismo é resultado. Promove oportunidade, gera renda e desenvolvimento sustentável”, afirmou presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, o deputado Osmar Serraglio (MDB-PR)

Como presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, o deputado Osmar Serraglio (MDB-PR) reforçou o papel de inclusão social do setor. “Cooperativismo é resultado. Promove oportunidade, gera renda e desenvolvimento sustentável”, afirmou Serraglio. Em seu discurso, o deputado, que é coordenador da Comissão de Direito de Propriedade e Minorias da FPA,  ressaltou que só em 2017 foram 979 proposições legislativas acompanhadas, sendo mais de 400 com impacto positivo para as cooperativas brasileiras.

Presente na solenidade, o senador Valdir Raupp (MDB-RO), coordenador político da FPA no Senado, afirmou que o setor vem crescendo de forma expansiva no Brasil. “Só no meu Estado (Rondônia), já são mais de 180 mil filiados ao sistema, sobretudo em cooperativas de crédito. Estou acompanhando de perto todas as agendas do setor que demonstra a cada ano sua força no campo e em diversas áreas, como a financeira, de saúde e de educação”, disse.

“Nós estamos recuperando empregos, nós estamos recuperando economia graças, devo dizer, a atividade do agronegócio”, afirmou Michel Temer.

No encerramento do evento, o Presidente da República Michel Temer reiterou que as cooperativas são fruto de um trabalho realizado de forma conjunta. “Cooperativismo é confiança. Torço para que o Brasil se torne uma grande cooperativa em que todos cooperem entre si”. O Funrural, citou Temer, é um exemplo desse trabalho colaborativo e harmônico entre os poderes. “Pautado pelo diálogo conseguimos chegar no resultado esperado, que num primeiro momento não foi possível”, disse o presidente.

Temer ainda complementou que devemos ser otimistas quanto ao Brasil que se recupera de uma crise econômica e institucional com sinais visíveis de melhora. Para o presidente, essa recuperação é graças à atividade do setor agropecuário. “Está caindo a inflação, caindo os juros. Nós estamos recuperando empregos, nós estamos recuperando economia graças, devo dizer, a atividade do agronegócio”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *