Nilson Leitão e ministro Blairo Maggi debatem agronegócio em Alta Floresta



O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT) participou nesta quinta-feira (20), ao lado do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, do Encontro Regional da Agricultura, na cidade de Alta Floresta (MT), que reuniu lideranças políticas, empresariais e do setor produtivo para discutir o agronegócio no Norte mato-grossense, em especial os entraves encontrados para manutenção da atividade que é a base econômica do Estado.

As principais reivindicações apresentadas focaram na infraestrutura logística, gargalo no escoamento da produção. Na pauta apresentada, o pedido de empenho na conclusão da pavimentação da rodovia BR-163; federalização da MT-208 e um trecho da MT-419, que faz ligação com a BR-163; parceria entre os governos estadual e federal para a pavimentação da estrada entre Carlinda e Novo Mundo, incluindo a ponte sobre o Rio Teles Pires.

Atenção aos pequenos e médios produtores de carne; novas linhas de financiamento a longo prazo com flexibilização das exigências em função da localização dos empreendimentos; sanção da Lei Complementar 6/2017, que dispensa o Estudo de Impacto Ambiental / Relatório de Impacto Ambiental (EIA RIMA) para as micro indústrias de biocombustíveis e o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), também foram cobradas.

O ministro Blairo Maggi elencou avanços obtidos em favor do setor produtivo como a desburocratização promovida pelo programa Agro+ e a liberação para importação de produtos voltados ao setor, por exemplo. Maggi aproveitou para defender as reformas promovidas pelo Governo. “O presidente Temer entrará para a história por fazer mudanças que precisam ser feitas”, observou.

O deputado Nilson Leitão, presidente da FPA, destacou o sucesso do setor produtivo na geração de emprego. “Temos escutado que o setor produtivo é aquele que avança no PIB crescendo mais que outros setores e avança na economia. Esta semana tivemos uma notícia diferente. O setor produtivo também foi responsável pela maior geração de emprego. Uma grande notícia, já que muitos que julgam esse setor diziam que o emprego era indireto”, destacou.

Nilson Leitão também falou sobre conquistas como terceirização, a reforma trabalhista, a regularização fundiária, a resolução sobre as condicionantes para demarcação de Terras Indígenas tendo como base o entendimento do STF em relação à Raposa Serra do Sol, licenciamento ambiental e o funrural, lutas da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Além de produtores, prefeitos e vereadores da região, também participaram o secretário Executivo do Mapa, Eumar Novacki, secretário de infraestrutura de Mato Grosso, Marcelo Duarte, senador Cidinho Santos, o deputado federal Ezequiel Fonseca, Xuxu Dalmolin e os deputados estaduais Romualdo Junior e Nininho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *