Comissão da Câmara debateu Carne Fraca com ministro da Agricultura



Blairo Maggi falou sobre os efeitos da operação da Polícia Federal para o agronegócio

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, promoveu na manhã da última quarta-feira (10/5), audiência pública com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, para discutir as consequências econômicas e sociais da Operação Carne Fraca para o setor agropecuário.

Um dos autores do requerimento de convite para a reunião, o deputado Afonso Hamm (PP-RS), integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), destacou a forma transparente com que o processo foi conduzido pelo governo federal e reforçou que a manifestação do ministro é importante para esclarecer a população brasileira sobre as medidas tomadas.

Maggi falou sobre os efeitos da operação e ressaltou as providências tomadas pela vigilância sanitária, afirmando que o trabalho de reconquistar a confiança dos mercados é desafiador e deve ser feito com clareza e agilidade.

Para o presidente da Comissão de Agricultura, deputado Sergio Souza (PMDB-PR), também integrante da FPA, as explicações do ministro convenceram os integrantes do colegiado. “Percebemos que foi uma ação rápida, profícua e com resultado positivo. Hoje, o Brasil não sofre deste mal derivado da operação, que abalou o mercado naquele momento. O ministério tomou todas as ações necessárias e também a sociedade passou a ter mais critério, passou a ser mais exigente”, disse.

A Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em um esquema criminoso envolvendo licenças e fiscalização de frigoríficos.

Com Agência Câmara

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *