Caiado propõe sessão para discutir ataques de escola de samba ao agronegócio



O líder do Democratas, senador Ronaldo Caiado (GO), integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), vai se articular com os líderes do Senado para promover a realização de uma sessão temática no plenário da Casa para investigar os ataques feitos ao agronegócio no samba-enredo da escola carioca Imperatriz Leopoldinense. O parlamentar mostrou indignação com a letra do samba que denigre a imagem do setor com calúnias generalizadas sobre a atuação da classe rural brasileira, respeitada mundialmente pela eficiência e tecnologia aplicadas, além de ser responsável há vários anos pelo saldo da balança comercial do país. O parlamentar defende a apuração dos patrocinadores do samba-enredo difamatório.

“Assim que retornarem as atividades legislativas vou buscar a realização de sessão temática para discutirmos em plenário os motivos que levaram a Imperatriz Leopoldinense a autorizar um samba-enredo que denigre a imagem do agronegócio, único setor que, diante de uma crise devastadora, deverá ser superavitário. Há tantos graves problemas que o país passa, como a violência, o tráfico de drogas, as facções criminosas e uma escola de samba se ocupa em difamar o setor que deveria ser enaltecido e homenageado na Marquês de Sapucaí”, argumenta Caiado.

A partir do início do ano legislativo e após a eleição da mesa diretora dia 2 de fevereiro, o líder democrata vai propor a promoção da sessão temática para que o assunto entre na pauta antes do Carnaval.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *