Geddel vai agendar visita de Temer à FPA



O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Geddel Vieira Lima, afirmou nesta terça-feira (07/06), na Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que o presidente Michel Temer deve comparecer à reunião-almoço da entidade nas próximas semanas. Geddel  foi recebido por 40 deputados da FPA, de quem ouviu as principais propostas de interesse do setor produtivo rural. “Combinei com o presidente da FPA, deputado Marcos Montes, de agendar uma visita do presidente Michel Temer para trocar ideias e, quem sabe, já anunciar algumas medidas do governo que possam vir ao encontro do que são as legítimas, justas e, sobretudo, necessárias reivindicações do agronegócio”, adiantou Geddel.

Entre os principais pontos da pauta apresentada pela FPA a Geddel consta a revisão dos últimos atos assinados pela presidente afastada, Dilma Rousseff, que, no apagar das luzes, publicou  diversos decretos de demarcações de terras indígenas, quilombolas e de destinação de terras para a reforma agrária; e a revisão do parecer da CGU/AGU número 01/2008, que paralisou a aquisição de terras e investimentos por empresas equiparadas a estrangeiros.

A FPA também pede a reedição da portaria 303/2012 da Advocacia Geral da União, que regulamentou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) referente à demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, estabelecendo 19 condicionantes para as demarcações em todo o país, como a não possibilidade de ampliação de terras já demarcadas, o respeito ao amplo direito de defesa dos proprietários rurais e o marco temporal.

Durante o almoço, Geddel disse que as portas do seu gabinete estarão sempre abertas aos parlamentares da FPA. O ministro reconheceu a importância do papel dos ruralistas neste novo capítulo da história que o país está vivendo. “A situação do Brasil só não está mais grave porque os homens e mulheres que trabalham no campo têm sustentado o nosso Produto Interno Bruto”, concluiu Geddel.

Para o presidente da FPA, deputados Marcos Montes (PSD-MG), a visita de Geddel foi altamente positiva. ”É o que nós sempre quisemos, o diálogo com o governo, coisa que com a administração passada não conseguimos da forma como gostaríamos. Recebemos um ministro que faz a interlocução, colocando uma posição do próprio presidente Temer de também vir aqui participar conosco dessa reunião. É um encontro importante para o país, pois aqui está o agronegócio brasileiro, setor onde ainda se colhem boas notícias, então foi uma reunião revestida de sucesso.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *