Seis “pratos” vão compor amanhã o Cardápio da FPA



Seis atrativos “pratos” vão compor o Cardápio desta terça-feira (8), a partir do meio-dia, da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), entidade suprapartidária defensora das bandeiras do setor produtivo rural.

Serão avaliados os vetos ao seguro rural. Nesta perspectiva, a FPA vai fazer tudo o que for possível para aumentar a dotação na Lei Orçamentária Anual 2016. Há uma proposta de se criar um grupo permanente sobre seguro rural, com a participação, inclusive, de parlamentares.

Os integrantes da FPA vão fazer uma avaliação dos trabalhos realizados até agora pela CPI da Funai. Também será motivo de análise a PEC 132/15 que trata da indenização de terras indígenas ora em pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal.

Um “prato” que vem despertando o interesse dos investidores do agronegócio, e que estará à mesa da FPA, é a compra de terras por empresas brasileiras com maioria de capital estrangeiro, assunto que tem dado o que falar.

A lei de proteção de cultivares e a expropriação de glebas onde houver milícias armadas vão compor ainda o Cardápio da FPA. Como se observa, são “pratos” que aguçam o apetite dos mais exigentes dos “comensais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *