Países deveriam seguir regras do Código Florestal brasileiro



O presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Gustavo Junqueira, defendeu nesta sexta-feira, 4, durante encontro em São Paulo com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que o Brasil leve aos demais países do mundo regras semelhantes às estabelecidas pelo Código Florestal brasileiro.

Dentre outras medidas, o Código determina a preservação de 20% da área de propriedade rural (área chamada de reserva legal, cujo porcentual varia de acordo com a região em que se encontra a propriedade) e proteção de margens de rios. “Se nós no Brasil concordamos com estas regras, não entendo por que não levar às demais nações as mesmas propostas. Caso contrário, vamos estar impondo a nosso produtores requisitos e não encontraremos meios de manter o compromisso de pé”, disse.

Junqueira viaja nesta sexta para Paris, onde participará de eventos relacionados à COP-21. Segundo o presidente da SRB, a principal mensagem que ele levará a Paris é a de que o “agronegócio brasileiro é o mais sustentável do mundo” e que preserva suas áreas naturais.

Junqueira declarou, ainda, que a discussão climática não pode ser feita dissociada de questões relativas ao comércio internacional. “Os que comandam o comércio internacional precisam estar alinhados com os custos e os riscos associados ao clima”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *