Faturamento da produção agropecuária brasileira deve crescer 2% em 2015



O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuário, que calcula o faturamento das atividades “dentro da porteira”, deve crescer 2% em 2015, em relação ao ano passado, chegando a R$ 460,5 bilhões, segundo estimativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O resultado é impulsionado, entre outros motivos, pela safra de grãos e fibras, que deve chegar a 198,5 milhões de toneladas, e pelo desempenho do setor de carne bovina.

Deste total do VBP, o faturamento do setor agrícola está projetado em R$ 286,4 bilhões, 1,5% a mais do que em 2014, puxado principalmente pelo desempenho da soja, cujo VBP terá elevação de 8,4%, totalizando R$ 97,8 bilhões. O ritmo menor de crescimento da agricultura está atribuído, segundo o estudo, a fatores como o clima, greve dos caminhoneiros e elevação dos custos de produção.

A estimativa da CNA aponta, também, aumento de faturamento para o café em 2015, de 10,6%, na comparação com o ano passado, alavancado pela alta de 10,5% dos preços do grão. Outras culturas, como milho, algodão e arroz, terão queda no faturamento em 2015, na comparação com o ano passado.

Em relação à pecuária brasileira, o VBP deve crescer 2,8% neste ano, em relação a 2014, chegando a R$ 174,1 bilhões. O segmento de carne bovina deve faturar neste ano R$ 87,2 bilhões, 11% a mais do que em 2014. O resultado é reflexo da valorização do preço da arroba, diante da menor oferta para abate. A elevação dos preços também vai favorecer a suinocultura, com alta de 5,6% no VBP (R$ 14,6 bilhões).

A estimativa da Confederação aponta, ainda, recuo de 1% no VBP da produção de aves, e de 12,2% no faturamento do setor leiteiro, por conta do aumento da produção nas duas atividades este ano, o que resultou no aumento de oferta e queda dos preços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *