Conab reduz estimativa de grãos em 2014/15 a 198,5 milhões de ton



A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reduziu sua estimativa para a produção nacional de grãos, para 198,54 milhões de toneladas, em seu sexto levantamento da safra 2014/15. No relatório de fevereiro, o órgão indicava um volume de produção de 200,08 milhões de toneladas.

Se confirmados os novos números, eles representarão um incremento de 2,6% ou 4,98 milhões de toneladas em relação à safra passada, que foi de 193,55 milhões de toneladas.

O maior crescimento esperado na produção brasileira continua sendo na soja, apesar de a Conab ter reduzido um pouco sua estimativa de colheita para o carro­chefe do agronegócio nacional. Pelo novo levantamento, o país deve produzir 93,26 milhões de toneladas do grão ante projeção anterior de 94,58 milhões de toneladas. Ainda assim, se confirmada, a colheita da oleaginosa será 8,3% superior a de 2013/14.

A estimativa de área plantada para todos os grãos (algodão, amendoim, arroz, feijão, girassol, mamona, milho, soja, sorgo, aveia, canola, centeio, cevada, trigo e triticale) foi mantida em 57 milhões de toneladas. Enquanto a projeção de produtividade para a média de todas as culturas subiu um pouco, de 3.465 quilos por hectare em fevereiro para 3.557 quilos por hectare na divulgação de hoje.

A estimativa de área plantada para todos os grãos (algodão, amendoim, arroz, feijão, girassol, mamona, milho, soja, sorgo, aveia, canola, centeio, cevada, trigo e triticale) foi mantida em 57 milhões de toneladas. Enquanto a projeção de produtividade para a média de todas as culturas subiu um pouco, de 3.465 quilos por hectare em fevereiro para 3.557 quilos por hectare na divulgação de hoje.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *